sobre nós

sobre nós

equipa

Gonçalo Pereira, também conhecido como Sagara, é um dos formadores de Mindfulness mais experientes em Portugal. Iniciou o seu percurso há mais de 25 anos, numa época em que estes temas encontravam-se, principalmente, nos mosteiros budistas. Desde então, tem praticado tanto no Ocidente como na Ásia com mestres de várias tradições. No Reino Unido fez várias formações em Mindfulness para diferentes áreas. Nos últimos 15 anos, milhares de pessoas passaram pelos seus cursos, através do seu centro, em Lisboa, e mais recentemente no trabalho que tem desenvolvido com empresas. Recentemente fundou o Instituto Mindfulness, uma organização dedicada à investigação e formações baseadas no Mindfulness para organizações, para a educação e para a saúde e bem-estar.

Ana Ramos iniciou a prática de yoga em 1999, e desde então, fez aprofundamento de prática e ensino com vários professores e métodos. Nomeadamente, completou a formação de professora do Instituto Português de Yoga, o curso Donah Farhi Teacher training (NZ) e no método Iyengar. Iniciou-se neste método em 2006 e tem se dedicado a esta abordagem participando em retiros e workshops com alguns dos professores que mais admira: Patxi Lizardi, Christian Pisano, Faeq Biria e Billy Konrad.

Filipe Dumas estudou design de comunicação em Londres e Lisboa. Desde 2015 que pratica meditação e estuda o ensinamento do Buddha em mosteiros Theravada da tradição tailandesa de Ajahn Chah em Portugal e no Reino Unido. Faz parte da Associação Upaya desde a primavera de 2019 como assistente administrativo e designer gráfico.

Ethel Feldman tem 67 anos de idade e medita há 25 anos.
Orienta práticas para seniores 60+.

Fabiana Gomes é formada em Comunicação Social com pós-graduação em Antropologia e Desenvolvimento Cognitivo e está em Formação no Mindfulness Center da Brown University School of Public Health. Pratica meditação e estuda filosofia budista segundo a tradição Theravada há 18 anos. Serviu como presidente da Sociedade Budista do Brasil e residiu por seis meses em mosteiros em prática intensiva. Oferece cursos, retiros e atendimento pessoal com foco em budismo, comunicação consciente e inteligência emocional, buscando trazer os ensinamentos para a vida diária.

Georgiana é mãe de duas adolescentes, ex-diretora de produção (em museus, eventos e filmes), entrou no mundo do Mindfulness há sete anos e é formadora em escolas desde 2015. Foi ao descobrir os profundos benefícios do Mindfulness que nasceu o desejo de os partilhar com crianças, adolescentes e professores.

Teresa Ranieri é facilitadora certificada de cursos baseados em Mindfulness desde 2014 (MBSR e o Mindful Eating). Começou a praticar meditação em 1988 começando com a tradição hinduísta, antes de escolher o caminho do Budismo Theravada. Participou em vários retiros sobretudo na Ásia (onde trabalhou algum tempo) e EUA. Depois um retiro com Gregory Kramer, em 2016, pratica o Insight Dialogue com regularidade. É mestre em Pedagogia, no contexto do movimento corporal e está concluindo o mestrado em “Teaching Mindfulness” no departamento de Psicologia na Bangor University (UK).

a nossa visão

associação

O Centro Upaya faz parte da Associação Upaya, uma organização sem fins lucrativos que tem como principal finalidade a partilha de metodologias que possibilitem viver de uma forma mais consciente. O Centro Upaya abriu as portas ao público dia 18 de Outubro de 2015. A criação deste espaço nasce da necessidade de ter na cidade um oásis de paz, simplicidade e clareza.

princípios

Os princípios fundamentais que regem a Associação Upaya:

Buda - todos os seres humanos têm o potencial de viver com crescente calma, sensibilidade e discernimento. Chama-se ao desabrochar desse potencial - despertar.

Dharma - há um caminho imediato, inteligível e experiencial, aqui e agora que facilita esse despertar. Esse caminho foi percorrido e ensinado por Buda e mantém-se acessível até hoje devido à prática de muitos outros.

Sangha - há uma longa linhagem de seres humanos dispostos a despertar. Das suas relações nasce sangha - a comunidade espiritual de pessoas que se relacionam conscientes do bem em si e nos outros.

O projeto surge da vontade de contribuir para a crescente concretização destes três princípios no mundo.

aspirações

As atividades promovidas pela Associação Upaya seguem as seguintes aspirações:

Promover a compreensão daquilo que somos e de como viver contribuindo para o bem-estar e felicidade de todos.

Discernir os princípios fundamentais do ensinamento de Buda (o dharma) e a sua aplicação prática face às condicionantes dos tempos em que vivemos.

Promover o diálogo interdisciplinar entre o budismo e outras áreas do conhecimento humano com o entendimento que daqui resulta um contributo único para melhor viver.

Tendo como base os ensinamentos de Buda, contribuir para um contexto de relacionamentos e de trabalho propícios ao crescimento humano — comunidade (sangha).